sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Explosão de supernova afetaria a vida na Terra

A estrela T Pyxidis, ao que tudo indica, explodirá em supernova daqui a 10 milhões de anos. Essa explosão, estimada em 20 bilhões de bilhões de bilhões de megatons de TNT, aliada com a descoberta que a estrela está mais próxima de nós do que pensavamos, teria a força de varrer a camada de ozônio da Terra, deixando-nos vulneráveis a radiações. A notícia foi anunciada ontem na reunião da ASS (Associação Astronomica Americana), por um grupo de astronomos, entre eles Edward Sion, da Villanova University, Filadélfia.
Acreditava-se que a estrela estava a 6000 anos-luz de nós, mas nesse estudo, com base em fotos do Hubble, descobriu-se que ela na verdade estava a quase metade dessa distancia: 3260 anos-luz.

Os astronomos não conseguem explicar porque que na T Pyxidis não ocorre explosões há 44 anos, já que no passado ocorria pequenas explosões em intervalos de 20 anos (1890, 1902, 1920, 1944 e 1967).
Nesse estudo, descobriu-se tambem que a T Pyxidis é na verdade um sistema binário de estrelas: uma delas como o nosso Sol e a outra, menor e mais densa, uma anã-branca.
Mas nós temos outros motivos, a curto prazo, para nos preocuparmos com a segurança do nosso planeta. Nossos arsenais nucleares, o aquecimento global, a escassez de água e comida, a queda de um asteróide na Terra e é claro, o fim do calendário maia em 2012, são preocupações mais urgentes para nós terráquios.
Até a próxima...

Nenhum comentário:

Postar um comentário