segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Eclipse Total da Lua hoje de madrugada e Solstício de Verão.

Atualização: O Clube de Astronomia Louis Cruls fará observação do eclipse na sua sede, no Observatório do IFF em Campos dos Goytacazes RJ, a partir das 3:00hs.
Na madrugada de hoje para amanhã teremos um eclipse total da Lua, quando a sombra da Terra será projetada totalmente sobre o corpo do nosso satélite natural. Além do eclipse, o dia será marcado pela chegada do verão no hemisfério sul.
Apesar de ser um belo espetáculo, apenas parte do fenômeno poderá ser visto de todo o Brasil. 
Entrada da lua na penumbra: 05h29UT
Inicio da fase parcial: 06h33UT
Inicio da totalidade: 07h41UT
Meio do eclipse: 08h17UT
Final da totalidade: 08h53UT
Final da fase parcial:10h01UT
Saida da lua da penumbra: 11h04UT
Horários acima em Tempo Universal (UT):
Estados com Horário de Verão: diminuir 2 horas
Estados sem Horário de Verão: diminuir 3 horas

O CEAMIG (Centro de Estudos Astronomicos de Minas Gerais) criou um projeto observacional para o eclipse com a descrição das crateras e os instantes previstos de imersão para observação: (http://www.ceamig.org.br/6_proj/eclipse_dez.pdf).
(CONTINUA...)
O eclipse terá início às 03h29 pelo horário de Brasília e finalizará às 09h04. No entanto, em grande parte do país, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, a Lua cheia se põe por volta das 05h30, interrompendo a observação do fenômeno. Nessas localidades o fenômeno será parcial e a totalidade do eclipse só poderá ser vista durante alguns minutos.
Os melhores lugares para se observar o evento são aqueles localizados no extremo oeste do Brasil, à medida que nos afastamos em direção ao Atlântico o eclipse perde sua majestade.
Aqui é interessante fazer uma outra abordagem do fenômeno: se um observador estivesse na Lua, o que seria observado? A resposta é: Um eclipse do Sol! Entretanto, este ocorreria de forma diferente daqueles que são vistos aqui da Terra, pois na Lua veríamos um anel vermelho intenso ao redor da Terra durante o eclipse, como tenta mostrar a ilustração artística a seguir:
Concepção artistica de um eclipse total da lua, visto da lua. (Lucien Rudaux, Wikipédia)
Os eclipses da Lua não representam risco para a vista, ao contrário dos eclipses solares. Para estes é recomendado usar óculos especiais na observação.
Se buscarmos por outro eclipse lunar combinado com solstício de verão remontamos a 21 de dezembro de 1638, quando houve um eclipse total da Lua cujo meio ocorreu à 01:59 UT enquanto que o instante do solstício ocorreu às 16:04 UT. Uma próxima ocasião será somente em 2094 quando um eclipse total da Lua, visível em parte no Brasil, coincidirá com o solstício de verão no dia 21 de dezembro.
O primeiro eclipse solar parcial de 2011 acontecerá em 4/1/2011. Em caso de bom tempo, será visível na Europa, especialmente na região norte da Suécia, no norte da África, Oriente Médio e Ásia Central.
Quatro eclipses solares parciais e dois eclipses lunares totais estão previstos para 2011, uma combinação rara que acontecerá apenas seis vezes no século 21.


Fonte: Agência AFP, Folha Online, site Apolo11, blog GAEA-Astronomia, blog Café com Ciência, RBA (Rede Brasileira de Astronomia), Wikipédia.

Um comentário:

  1. Olá, Otávio!
    Pelo visto, vocês levaram sorte, para observarem esse acontecimento, ao contrário de mim, pois aqui o tempo chuvoso, não deu a menor chance. Mas, é como eu disse para as minhas amigas... Tainá e Marjory que nós conhecemos (projeto pequeno astrônomo), em 2094 eu com 144 anos, posso assistir a repetição desse espetáculo, similar em suas caracteríticas, junto com a galera... Galileu, kleper, Newton, Mourão e outros mais. Que vc acha? Responda sério! Sem achar graça... assim como eu que... KKKKKKKKKKKKK!!!!!!!! Nem eu aguentei, então, está liberado! Pode rir!
    [1]!!!!!

    ResponderExcluir