domingo, 23 de janeiro de 2011

Folha de SP publica artigo com críticas ao astronauta Marcos Pontes


O artigo com o título "Astronauta brasileiro Marcos Pontes vira autor de autoajuda" foi escrito por Giuliana Miranda e tem claramente um cunho pejorativo em relação as atuais palestras dadas pelo astronauta brasileiro. O artigo foi feito em ocasião de uma palestra sobre robótica dada pelo astronauta na Campus Party, em São Paulo.
O artigo, reproduzido na íntegra, ainda cita que o astronauta teria ido para a reserva da FAB para lucrar com palestras e produtos com sua marca.
(CONTINUA...)

Prestes a completar cinco anos da viagem ao espaço, o primeiro (e até agora único) astronauta brasileiro, Marcos Pontes, especializou-se em outros voos: técnicas de motivação e autoajuda. 
Por temas como "sua empresa é sua espaçonave" e "sou membro da tripulação, a importância do trabalho em equipe", ele cobra, a Folha apurou, cerca de R$ 15 mil por participação.
No mês passado, Pontes lançou o livro de autoajuda "É possível! Como transformar seus sonhos em realidade" (Ed. McHilliard), que mistura suas experiências no espaço a dicas de como ser bem-sucedido.
Segundo alguns críticos, Pontes teria ido para a reserva da Aeronáutica, logo após voltar da estação espacial, para ganhar dinheiro com palestras e produtos associados a seu nome.
Ele nega e afirma que, após anos fora da ativa e sem fazer os cursos obrigatórios, esse seria o caminho natural. Seguido, inclusive, por astronautas de outros países. Em um texto em seu site, ele classifica essas críticas como "imbecilidade".
Pontes continua vivendo em Houston (EUA), onde, em 1998, começou seus treinamentos de astronauta. Ele afirma, porém, que suas atividades em Houston já não são mais tão intensas. Os trabalhos andam "meio parados", diz. 

Fonte: Folha OnLine.

Um comentário:

  1. Olá, Otávio!
    O Brasil é a terra do povo que: "Quando ver sol pede chuva e quando está chovendo... pede sol"! A jornalista da Folha (deve ser uma lagarta) deve está é com inveja, da história de vida desse herói da gente (veja que ele é cearense), nordestino também um vencedor como o foi (ainda é) o presidente Lula! Marcos Pontes tem é mesmo que continuar com e como está fazendo, pois se não fosse útil e competente, um exemplo de vida a ser imitada, mesmo para dar uma conferência gratuita, acredito que ninguém lhe convidaria e/ou ouviria. Dá-lhe Marcos!
    Um abraço!!!!!

    ResponderExcluir