sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Estudantes e professores de Campos vão visitar observatórios astronômicos no Chile‏

A visita será anunciada durante a inauguração da Escola de Astronomia e Astronáutica de Campos, RJ, experiência pioneira no Brasil

         A delegação brasileira às modernas instalações da Organização Europeia de Pesquisa Astronômica no Hemisfério Austral (ESO) no Chile é composta por 15 pessoas, estudantes e professores de astronomia e ciências exatas, do Instituto Federal Fluminense e de outras instituições da região Norte Fluminense.

Todos eles são membros do Clube de Astronomia Louis Cruls, de Campos, que tem se projetado como um dos mais ativos e competentes clubes do gênero no Brasil.
 A Escola de Astronomia e Astronáutica de Campos, RJ, será inaugurada, nesta segunda-feira, dia 8 de agosto, às 15h.

O evento terá lugar no Campus Campos-Centro do IFF, com a presença de dois convidados especiais: Roberto Martins, representante do Presidente da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), Eduardo Janot Pacheco, e o Chefe da Assessoria de Cooperação Internacional da Agência Espacial Brasileira (AEB), José Monserrat Filho.

Na ocasião, Martins e Monserrat anunciarão a visita da delegação brasileira às instalações da ESO no Chile. A seguir, Monserrat proferirá palestra sobre  “A Cooperação Internacional no Programa Espacial Brasileiro".

A visita ao Chile – que será realizada de 21 a 27 de agosto, com apoio da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) – tornou-se possível graças ao acordo firmado em 29 de dezembro último entre o Governo do Brasil e a ESO. Por esse acosto, o Brasil se converterá no primeiro país fora da Europa a ser membro pleno da organização, que hoje lidera as pesquisas astronômicas no mundo.

O Chefe do Escritório para Ciência no Chile do ESO, Dr Michael West, receberá e acompanhará a delegação brasileira."

Mais informações no site: <http://cientistacriativo.org>

Nenhum comentário:

Postar um comentário