sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Amanhã ocultação de Júpiter pela Lua, visível do Brasil

Sábado (dia 8 de setembro), a Lua ocultará Júpiter, o maior planeta do Sistema Solar. Esse fenômeno raro acontece quando o nosso satélite natural "passa na frente" de Júpiter, formando uma reta imaginária: Terra-Lua-Júpiter.
Esse belo espetáculo vai ser visível no continente sul americano (veja aqui a tabela para Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Equador) e será no período diurno; o que dificultará sua observação, restringindo-a ao uso de binóculos, lunetas e telescópios.
A Lua estará 51% iluminada e a imersão do planeta ocorrerá (previsão para o Rio de Janeiro) às 8h53min, com o planeta reaparecendo às 9h01min.
Hora em TU - Tempo Universal. Para encontrar o fuso horário brasileiro, diminua 3 horas do TU.
ATENÇÃO: haverá observação do fenômeno pelo Clube de Astronomia Louis Cruls, no IF Fluminense (Campos dos Goytacazes - RJ), a partir das 8h30min


O mapa global com a faixa de visibilidade do fenômeno que abrange além da América do Sul, ilhas situadas na costa dos oceanos Atlântico e Pacífico, pode ser visto abaixo:


Abaixo os locais na Lua onde o planeta terá sua imersão e o reaparecimento (locais escolhidos para as cidades brasileiras).

Júpiter é mais maciço do que todos os outros planetas, luas e detritos do Sistema Solar juntos. E temos a  sorte de tê-lo. Os astrônomos acreditam que sua presença gravitacional tem mantido a Terra segura, atraindo asteróides e cometas do sistema solar.

Júpiter está apenas começando sua temporada de visibilidade, que vai até o final do ano. Dia após dia, o rei dos planetas vai aparecer no céu mais cedo. Em breve, ele estará visível no meio da noite, em seguida, no início da noite.

Assista ao vivo a transmissão da ocultação de Júpiter AQUI.



Fonte: 
Sky and Observers (de Antônio Rosa Campos, do CEAMIG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário