terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Erro de programação pode ter causado falha em foguete russo.

A queda de um foguete russo no oceano Pacífico, levando consigo três satélites de navegação no último domingo, pode ter sido causada por um erro na programação do sistema.
"Uma série de especialistas acha que erros na programação do sistema computadorizado, a bordo do Proton-M, fizeram com que os motores do foguete levassem-no a uma trajetória errada", disse nesta segunda-feira uma fonte de agência espacial russa à agência de notícias RIA Novosti.
Foquete Proton-M, que carregava três satélites russos para o espaço; lançamento falhou no domingo (AFP)

Os satélites eram carregados pelo porta-foguetes Proton-M --lançado do centro espacial Baikonur, no Cazaquistão-- e caíram perto do Havaí.
O incidente representa um revés embaraçoso na tentativa russa de colocar em funcionamento o sistema de navegação por satélite Glonass, para rivalizar com os Estados Unidos e o sistema europeu Galileu.
O primeiro-ministro Vladimir Putin ressaltou a importância estratégica do Glonass, desenvolvido nos anos 80 pelo Exército e que garantiria a independência tecnológica do país. Em uma ação publicitária, Putin equipou seu cachorro Connie com um colar contendo um transmissor Glonass.
Segundo Putin, Moscou planeja lançar um total de sete novos satélites Glonass.
Fonte: Folha Online.

Um comentário:

  1. Oi, Otávio!
    O Putin deve ter ficado Pê da vida com tamanho prejú! Mas, a culpa é dele mesmo, pois foi acreditar que oi seu cão chamado Connie traria sorte ao evento, mas. deve ter descoberto que ele não é um... "cachorro quente"!
    [1]!!!!!

    ResponderExcluir