sábado, 18 de dezembro de 2010

Game online ajuda cientistas na busca por novos planetas

Gosta de jogos online? Já pensou em ajudar cientistas na busca por novos planetas enquanto se diverte? Essa é a proposta de Planet Hunters (http://www.planethunters.org/), um projeto da Universidade de Yale e do Zooniverse que pretende superar os mais poderosos computadores na caça por exoplanetas nos dados enviados pela sonda Kepler.
 A aposta é a seguinte: os cientistas acreditam que os humanos podem ser mais eficientes que as máquinas nessa tarefa. No entanto, para analisar a enorme quantidade de dados da m elhor maneira possível, o projeto recruta os chamados "cientistas-cidadãos" com a ajuda de uma interface de game online.
Assista ao vídeo da Universidade Yale sobre o programa: 

(CONTINUA...)
Com inúmeros cientistas-cidadãos "jogando" ao mesmo tempo, os possíveis exoplanetas encontrados entre os dados vão sendo classificados e essas informações são enviadas para a base de dados da universidade. Conforme as classificações se sobrepõe, quaisquer erros vão sendo corrigidos e o trabalho dos pesquisadores é facilitado.
Caso você descubra um novo planeta na Via-Láctea, os pesquisadores darão crédito à sua descoberta, por isso é importante fazer o cadastro no site antes de começar a jogar.
A sonda Kepler foi lançada em 2009 com o objetivo de usar a técnica do trânsito para detectar novos planetas que orbitem outras estrelas. Funciona assim: grandes planetas que passem pela sonda bloqueiam o brilho da estrela, fazendo com que ela escureça por algumas horas. A sonda então observa algumas estrelas em busca desse "escurecimento" que indica planetas em trânsito.
Embora os pesquisadores tenham desenvolvido algoritmos específicos para analisar a variação de luminosidade das estrelas, os cientistas acreditam que o cérebro humano perceba melhor essas mudanças, pois experimentos mostraram que quando pessoas trabalham juntas elas têm mais habilidade para discernir padrões e desvios (a identificação de desvios sendo crucial pois há muitos desafios e diferentes variáveis nesse trabalho).
Fonte: Estadão.

3 comentários:

  1. Olá, Otávio!
    Caso você vá participar desse projeto, eu queria que me avisasse, porque, depois que eu realizar uns ajustes técnicos no meu equipamento, eu lhe contataria por e-mail sobre o uso desse game. Está valendo?
    [1]!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ola, Francisco
    eu ja fiz meu login no Planet Hunters.
    Pode me contatar por email sim, agradeco sua ajuda.
    Abraco!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog.Acho muito legal a iniciativa.Adoro ciência e tecnologia,e e sempre que posso leio seus posts.Feliz ano novo.

    ResponderExcluir