sábado, 20 de outubro de 2012

Um pouco da história do horário de verão.

Durante parte do ano, nos meses de verão, o sol nasce antes que a maioria das pessoas tenha se levantado. Se os relógios forem adiantados, a luz do dia será melhor aproveitada pois a maioria da população passará a acordar, trabalhar, estudar, etc., em consonância com a luz do sol. Hoje, a meia-noite, os brasileiros das regiões sul, sudeste e centro-oeste irão adiantar em 1 hora seus relógios.
As origens do Horário de Verão remontam ao ano de 1907, quando William Willett um construtor britânico e membro da Sociedade Astronômica Real deu início a uma campanha para adoção do horário de verão naquele pais.Naqueles dias o argumento utilizado era que haveria mais tempo para o lazer, menor criminalidade e redução no consumo de luz artificial.
Surgiram opositores de todas as áreas; fazendeiros, pais preocupados com as crianças que teriam que acordar mais cedo, etc.
Willett não viveu o suficiente para ver a sua ideia ser colocada em prática. O primeiro pais a adota-la foi a Alemanha em 1916, no que foi seguida por diversos países da Europa, devido à primeira Guerra Mundial.
A economia de energia elétrica foi visto como um esforço de guerra, propiciando uma economia de carvão, a principal fonte de energia da época.

Aqui no Brasil ele foi adotado pela primeira vez em 1931, visando também à economia de energia elétrica. Nos EUA a introdução do Horário de Verão foi mais difícil, pois houve uma coincidência com a implantação do sistema de fusos horários em 1918. O principal motivo foi a primeira Guerra Mundial também.

Para maiores informações acesse o site da Divisão Serviço da Hora do Observatório Nacional.


Fonte: DSHO/ON (com modificações)

Nenhum comentário:

Postar um comentário