quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Alunos campistas se destacam na Olimpíada Brasileira de Astronomia

Três alunos da Escola Municipal Olavo Alves Saldanha Filho, da localidade de Boa Vista, distrito de Santo Amaro, na Baixada Campista (Campos dos Goyacazes), foram destaque na XV Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Alex Ribeiro Maciel da Silva conquistou a medalha de prata, Suelen Ricardo Barbosa e Robert William Lima ficaram com a medalha de bronze. Eles são alunos da 7ª série do ensino fundamental.

Ao todo, 785.191 alunos de escolas públicas e particulares de todos os estados do Brasil participaram da Olimpíada, com a colaboração de 63.925 professores de 8.968 escolas.
Para Alex, o resultado foi uma surpresa, apesar de ter se preparado durante dois meses. Ele estudou sozinho, o livro O Fascínio do Universo e dá dicas para quem quiser ser bem sucedido na Olimpíada: estudar muito e prestar muita atenção na hora da prova.

Participaram da OBA, alunos do 6º ao 9º anos da Escola Municipal Olavo Alves Saldanha. O professor Jorge Henrique de Lacerda e Silva foi o coordenador da Olimpíada na escola e incentivador dos alunos. Segundo ele, o apoio da direção da escola foi fundamental para o bom desempenho dos alunos.

- Precisamos cada vez mais investir nos nossos professores e alunos, para que eles continuem fazendo a diferença – disse a secretária municipal de Educação, Joilza Abreu. A OBA é executada por uma comissão de astrônomos da Sociedade Astronômica Brasileira, que trabalham na Universidade Federal do Rio de Janeiro (Uerj).

Segundo a coordenadora de Ciências do 6º ao 9º anos da Secretaria de Educação, Carla Salles, o desempenho dos alunos reflete o trabalho que é desenvolvido pela escola. Ela informou que será realizada uma cerimônia pra a premiação dos alunos. A data ainda não foi definida.

O coordenador nacional da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e vice-presidente da Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica, João Batista Garcia Canalle, parabenizou a secretária de Educação, Joilza Abreu, pelo excelente resultado obtido pelos alunos da escola da rede municipal.

Fonte: Ururau

Um comentário:

  1. Excelente iniciativa, ano passado tive a oportunidade de participar da OBA junto com meus ex-alunos do 3º ano e vi como faz falta um laboratório de ciências de verdade na escola. Seria interessante se as escolas participantes ganhassem equipamentos de ciências para seu laboratórios que deixam muito a desejar e exigem ao máximo da criatividade dos professores e da imaginação dos alunos.

    ResponderExcluir