terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Astronauta Buzz Aldrin na Campus Party 2013. Assista palestra completa!

2º homem a pisar na Lua veio ao Brasil

A primeira grande atração da Campus Party 2013 foi ninguém menos do que Buzz Aldrin, segundo homem a pisar na Lua, em 1969 na missão Apollo 11.
A palestra durou 1 hora e ele falou a história da conquista da Lua, sobre seu antigo problema com o alcoolismo, sobre o futuro da exploração espacial, entre outras coisas.
Não vou falar falar muito da palestra, já que ela pode ser vista abaixo. Acompanhe o plantão na CPBr no Facebook e o especial aqui no Blog.
Mas nem tudo foi flores. Como de costume, Buzz Aldrin falou sobre o 'pioneirismo' dos irmãos Wright (sem nem citar Santos Dumont) e logo depois da palestra ele ficou inacessível ao público. Para quem conhece as excentricidades desse artista chamado Aldrin já esperava isso, mas visto que é prática na Campus Party o acesso e o networking com os palestrantes, isso se torna um pouco estranho.



Ele é o oposto do Neil Armstrong, 1º homem a pisar na Lua, que morreu no ano passado. Ele é estiloso (estava de gravata de foguete, anel em formato de Lua, pulseiras de caveirinhas e broche dos EUA) e extrovertido (Armstrong raramente aparecia publicamente).
Algumas curiosidades é que ele não dá autógrafos e quase sempre é arrogante com perguntas não convencionais (ele já chegou a dar um soco num repórter), além de ter sido acusado por atentado ao pudor. Outra coisa horrível foi a qualidade de som na palestra. Uma pena, já que a organização está ótima.


O portal de notícias G1 fez uma ótima reportagem sobre a passagem do astronauta aqui na CPBr, dando enfase no título para uma das frases: "Nunca saberei porque Armstrong foi o 1º a pisar na Lua".
Já o jornal Folha de S.Paulo cita que, numa conversa depois da palestra, Buzz mostra seu descontentamento com o uso das naves russas Soyuz pelos americanos: "Estamos pagando muito dinheiro para o programa espacial deles. As Soyuz não são a maneira mais segura de chegar ao espaço, mas é o que temos por agora".

Bom, e eu fiquei sem minha foto individual com ele. Sabia que era difícil, mas não que seria impossível rs.
Pelo menos tenho essa foto, tirada na 1ª viagem de Buzz Aldrin ao Brasil, em novembro de 2009, na cidade de Campos dos Goytacazes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário