domingo, 21 de julho de 2013

Trailer oficial da nova série Cosmos foi lançado

Famosa série de Carl Sagan está de volta

Deu até um frio na barriga, aquele sensação de reencontro com algo que marcou a sua vida. Pois bem, ontem a Fox e a National Geographic apresentaram o trailer oficial da nova série Cosmos, criada por Carl Sagan. Cosmos, a série científica mais assistida da História, foi lançada em 1980 e atingiu um público de meio bilhão de pessoas (enquanto era apresentada...)

A série será irá ao ar no ano que vem e terá 13 episódios, assim como a versão criada por Carl Sagan. Chamada de Cosmos: Uma Odisseia No Espaço-Tempo, a série é apresentada pelo famoso cientista americano Neil deGrasse Tyson. O roteiro é de Ann Druyan (esposa de Carl Sagan) e a produção de Seth MacFarlane (colaborador criativo da antiga série).

sexta-feira, 19 de julho de 2013

É daqui a pouco: a Terra vista de Saturno

A sonda Cassini da NASA vai fotografar Saturno e todo o seu sistema de anéis que esta a um pouco mais de uma hora-luz do Terra ou a aproximadamente 9UA (unidade astronômica- distância média entre a Terra e o Sol ou 150.000.000 km), e o “nosso” planeta, vai sair nas imagens. A Cassini fez isso duas vezes antes e durante os seus nove anos em órbita, só que dessa vez é no comprimento de onda do espectro visivel, em 19 de Julho às 18h27min (horário de Brasília) até às 18h42min.


Curta e compartilhe no Facebook, clicando aqui. A Terra vai aparecer como um pequeno ponto azul, entre os anéis de Saturno. O sistema inteiro é muito grande para Cassini capturar as imagens em um único instantâneo, de modo que a sonda irá criar um mosaico, ou um retrato multi-imagem.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Lua: face oculta, pólo sul e método de encontrá-lo, fenômeno da libração e cratera onde achou-se água

Tudo isso numa única imagem! 

A imagem abaixo mostra a região polar sul da Lua durante uma observação realizada em 29 de abril de 2013, levando a vantagem de uma libração favorável em latitude. Libração (do latim librare) significa balanceio, é o movimento de oscilação da Lua, o que nos permite observar mais da metade da superfície lunar - uma parte da face oculta.

Um clássico exercício quando se observa uma região como essa é tentar descobrir o nome das crateras que ali aparecem. Vamos começar pela Curtius no canto inferior a esquerda, depois passamos a Moretus, a cratera localizada no centro da imagem, com seu brilhante pico central. Um pouco além dela está a Short, e um pouco para a direita está a Newton e a Newton D, G, A e B. Um pouco mais além, quase no limbo está a Cabeus, e, emergindo do limbo, pode-se ver dois picos de montanhas conhecidos como M4 e M5. Interessante destacar também Malapert pois se fizermos uma triangulação imaginária (pontilhado) com Cabeus teríamos na outra ponta do triângulo a posição exata do Polo Sul Lunar (marcado por um x).

Esta técnica deveria chamar-se "Crater Hopping" e poderia ser usada mais frequentemente pelos observadores lunares que querem situar-se com precisão. Curta e compartilhe esse artigo, clicando aqui.

Outro fato interessante em relação a cratera Cabeus é que foi nela que ocorreu o impacto da sonda LCross visando comprovar a existência de água na Lua.
Os resultados do impacto confirmaram quantidade significativa de água no satélite da Terra, conforme divulgação da NASA.
A água representa um potencial recurso para sustentar uma futura exploração lunar.
Dados preliminares do LCross (Lunar Crater Observation and Sensing Satellite) indicam que a missão descobriu água com sucesso durante os impactos realizados em 9 de outubro de 2009, na região permanentemente coberta de sombras de Cabeus, próxima ao polo sul da Lua.

sábado, 13 de julho de 2013

Sabia que a Celestron também salva vidas?

pesquisa médica com Celestron

Estava lendo uma notícia no site da Celestron e achei muito interessante. Como a maioria das pessoas ligadas a astronomia, pensava que a Celestron só fabricava telescópios, mas descobri que eles fabricam microscópios também.
Semana passada o Rei de Awing, dos Camarões, visitou a sede da empresa nos Estados Unidos e pude descobrir que a empresa doou alguns microscópios para a pesquisa médica no país. Curta e compartilhe esse artigo no Facebook clicando aqui.

Abaixo, o artigo traduzido da visita da comitiva real e das ações da Celestron para diminuir as doenças na África:

"A sede da empresa Celestron teve a honra de receber um visitante muito especial nessa semana: Sua Majestade Real Fon Fozoh II de Awing, Camarões. O Fon (palavra usada em Camarões para designar rei ou Chieftain) estava visitando os Estados Unidos e Canadá, quando parou na sede da Celestron, no dia 8 de julho.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Quais os requisitos para ser astronauta? A NASA responde.

É preciso ter 'um ego pequeno'

O anúncio que a NASA fez dia 17 de junho, que havia selecionado oito novos astronautas fez algumas pessoas se perguntarem: O que é preciso para tornar-se um astronauta?

A resposta curta, de acordo com a Dr. Janet Kavandi, (uma ex-astronauta que agora dirige as operações da tripulação de voo no Centro Espacial Johnson, em Houston) é que a agência está à procura de homens e mulheres talentosos com "ego pequeno" e que "gostam de fazer coisas difíceis." Curta e compartilhe esse artigo no Facebook, clique AQUI.

Claro que, só porque você é modesto e gosta de um desafio não significa que será um astronauta. Para ser candidato num treinamento de astronautas você deve atender a critérios físicos, educacionais e psicológicos muito restritos. Aqui estão as respostas de oito perguntas sobre o que é preciso para ser candidato a astronauta: