quinta-feira, 9 de abril de 2015

8º Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica

Hoje (9 de abril) começou um dos maiores eventos de ciência do Brasil; e em astronomia, um dos mais reconhecidos do mundo. O 8º Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica (EIAA), realizado na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ) vai até o dia 11, com palestras, mini-cursos, exposição de foguetes e observação do céu.

Entre os principais palestrantes, temos Anousheh Ansari (1ª mulher turista espacial) e Stephen Ramsden (fundador do maior projeto de divulgação de astronomia do mundo). 

O evento é realizado pelo Clube de Astronomia Louis Cruls, único com chancela da Unesco. E no fim de semana anterior aconteceu o Pré-Encontro, evento realizado no Shopping Boulevard, com observação do céu e exposição de foguetes, maquetes, etc. Veja mais sobre as edições anteriores do Encontro Internacional.

ATENÇÃO: este artigo será atualizado com as fotos do evento.

Abaixo a lista e a descrição dos palestrantes:

- Anousheh Ansari:
Em 18 de setembro de 2006, Ansari subiu ao espaço numa nave russa a Soyuz TMA-9, para uma estadia de nove dias a bordo da Estação Espacial Internacional, a primeira mulher turista a visitá-la. Anousheh Ansari dá nome ao prêmio Ansari X Prize, oferecido pela fundação X-Prize a quem fizesse o primeiro voo espacial sub-orbital independente da história.

- Oded Ben-Horin:
Coordenador de Projetos do projeto Comenius Multilateral UE CREAT-IT. CREAT-IT explora a criatividade no ensino da ciência interdisciplinar inspirado nas artes nos seguintes países: Noruega, Reino Unido, Grécia, Sérvia, Itália e Bélgica. Ele é, junto com o professor Magne Espeland, o idealizador do "Escrever uma Opera de Ciência" (WASO), uma metodologia educacional que atua em cinco países europeus (www.hsh.no/waso). Oded vai, em 2015, coordenar o projeto "SkyLight: a Opera Global Science" com a Rede de Formação de Professores Galileu. O projeto foi oficialmente endossado pela União Astronômica Internacional (IAU).

- Patrick Miller:
Fundador e diretor da Campanha de Busca Astronômica Internacional (IASC). Um magnífico programa internacional de busca de asteroides com a participação de estudantes de ensino médio e de universidades.

- Pedro Ré:
Astrônomo amador há mais de 40 anos, seu principal interesse são imagens do céu. Ele possui dois observatórios e suas imagens já foram publicadas até na revista Sky and Telescope. Ele é um biólogo marinho e professor da Universidade de Lisboa (Portugal). Pedro Ré tem PhD em Ecologia Animal.

Claudio Melo:
É o chefe do escritório para Ciência no Chile do ESO. Seus principais interesses são encontrar planetas em diferentes ambientes, tais como aglomerados abertos, estrelas pobres em metal e jovens estrelas. Do ponto de vista técnico, Claudio está familiarizado com medições de alta precisão de velocidades radiais e está interessado em como superar as diferentes fontes de ruído para atingir os 10 cm/s de precisão e, eventualmente, encontrar uma exo-Terra. Para os próximos anos, ele está disposto a desenvolver novos projectos no domínio da Astrobiologia.

- Martin Makler:
É Pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas. Tem experiência nas áreas de Astronomia e Física, com ênfase em Cosmologia, atuando principalmente nos seguintes temas: lentes gravitacionais, aglomerados de galáxias, energia e matéria escuras, quartessência e formação de estruturas em grande escala. Coordena o SOAR Gravitational Arc Survey e a participação brasileira no CFHT Stripe 82 Sruvey e VISTA-CFHT Stripe 82 Survey. Também tem forte atuação na área de divulgação e popularização científica.

- Stephen Ramsden:
Fundador e diretor do maior programa sem fins lucrativos de popularização de astronomia no mundo, O Projeto de Astronomia Solar Charlie Bates (SBSAP, na sigla em ingês) possui os famosos sites solarastronomy.org e solarscopereviews.com. CBSAP oferece alta tecnologia para divulgação da Astronomia de forma absolutamente gratuita a mais de 250.000 pessoas no mundo anualmente.

- Mike Simmons:
É astrônomo amador há 40 anos e adora compartilhar o céu com os outros. Mike participou da Los Angeles Astronomical Society no início de 1970 e participou ativamente da sociedade, incluindo dois mandatos como Presidente e dez anos no Conselho de Administração. Vendo astronomia como um interesse universal, que transcende as diferenças culturais, Mike fundou os Astrônomos Sem Fronteiras (AWB) em 2006. Mike é também um escritor e fotógrafo, que tem contribuído para publicações como Scientific American, Astronomy and Sky and Telescope, onde ele é um editor contribuinte. Em 2005, Mike recebeu o Clifford W. Holmes Award, uma honraria concedida anualmente pela RTMC para uma "grande contribuição para a popularização da Astronomia". Em 2009, Mike recebeu o prestigioso Prêmio G. Bruce Blair concedido anualmente para os astrônomos amadores pelas "excelentes contribuições para a astronomia amadora." O planeta menor Simmons foi nomeado em sua honra em 2003, em parte por suas "atividades de extensão variadas em astronomia."

Esse ano o evento é realizado no IFF (Instituto Federal Fluminense), no campus Guarus e o alojamento na Fundação Municipal de Esportes.

A programação completa do evento pode ser vista abaixo: