sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Hackers chineses invadiram satélites americanos


Uma comissão do congresso norte-americano que avalia as relações entre os Estados Unidos e a China deve revelar em novembro que dois satélites foram invadidos por hackers, segundo o “Bloomberg Businessweek”. A comissão acredita que o ataque pode ter sido realizado por chineses, mas afirma que não há provas para envolvimento do governo ou do exército chinês.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Chuva de mateoros hoje e amanhã, na constelação das Três Marias!

Na madrugada de hoje para amanha a chuva de meteoros Orinídeos atingirá o seu máximo de atividade. O nome das chuvas de meteoros indicam de qual constelação eles parecerão sair: nesse caso, da constelação de Órion (a constelação do mítico guerreiro, famosa pelas Três Marias). 
Essa chuva de meteoros (chamados popularmente como 'estrelas cadentes') ocorre todo ano quando a Terra atravessa os rastros deixados na órbita do famoso cometa Halley (que nos visitará em 2056). 
Mas, não espere um espetáculo como os dos anos 2006 a 2009. Devido à Lua em Quarto minguante, o seu brilho ofuscará os meteoros e espera-se uma baixa taxa de 20 meteoros por hora. A IMO (International Meteor Organization), nem mesmo colocou essa chuva em discussão este ano em seu site.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O maior projeto astronomico entra em operação: radiotelescópio ALMA

O projeto astronomico terrestre mais caro entrou em operação no começo desse mês (dia 3), no deserto do Atacama (no Chile). O projeto, a um custo de 1 bilhão de dólares, chama-se ALMA e consiste em um grande arranjo de 66 antenas (chamados radiotelescópios) que captam um tipo de radiação emitida pelos astros que é invisivel aos olhos humanos: as ondas de rádio. O ALMA pertence ao ESO (European Southern Observatory): um consórcio de 15 países e que o Brasil acaba de entrar. Leia sobre o debate entre os astronomos quanto à entrada do Brasil ao ESO aqui.
Este blogueiro participou da 1ª comitiva oficial às instalações do ESO, no mês de agosto, (leia aqui) e foi conhecer o ALMA. Mais informações sobre a visita ao ALMA aqui.
A nota oficial divulgada pelo ESO e a 1ª imagem divulgada pode ser lido e visto, na íntegra no homepage do ESO e está abaixo:


terça-feira, 18 de outubro de 2011

1º aeroporto espacial foi inaugurado hoje.

Hoje foi inaugurado. no estado do Novo México (EUA), o primeiro aeroporto espacial com fins comerciais: o SpacePort America. A obra pertence à Virgin Galactic, uma empresa privada de turismo espacial que pertence ao bilionário britânico Richard Branson. A empresa pretende começar os voos a partir do fim do ano que vem, e custa entre U$$ 200 mil e USS 400 mil.
No futuro poderemos ir ao espaço a um preço muito menor (da mesma forma que, no começo da aviação, as passagens eram caríssimas) e quem passa não passaremos nossas férias conhecendo o Sistema Solar??
(Foto: Matt York/AP Photo)
A reportagem completa pode ser lida abaixo:

domingo, 16 de outubro de 2011

Fox planeja trazer de volta a série “Cosmos”

A rede de TV americana Fox irá trazer de volta os documentários Cosmos que foram originalmente gravados por Carl Sagan. A décima terceira parte do documentário Cosmos: Uma odisséia no espaço-tempo será lançada em 2013, conforme anunciado pela diretoria do canal.
Mais de três décadas depois da estréia dos fantásticos episódios de “Cosmos”, a nova série contará com MacFarlane, colaborador criativo original da antiga série.  O novo apresentador será o astrofísico Neil deGrasse Tyson, como ele próprio divulgou em seu Twitter particular.
Neil Tyson possui uma página no Facebook, que pode ser vista aqui.
A série original “Cosmos”, com Carl Sagan, foi originalmente gravada em 1980 e continua entre um dos mais populares e mais bem sucedidos programas americanos de todos os tempos. O astrônomo, astrofísico e apresentador original do documentário “Cosmos”, Carl Sagan, morreu em 1996 mas agora seu legado poderá ser levado adiante.
Traduzido e adaptado: http://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=139033386

Fonte: Like a Physicist (com alterações).

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

2° Encontro de Meteoritos e Vulcões 2011: 27 a 30 de outubro no Rio.

O evento, coordenado por Maria Zucolotto (curadora dos meteoritos do Museu Nacional), acontecerá nos dias 27 a 30 de outubro no Museu Nacional (na Quinta da Boa Vista) na cidade do Rio de Janeiro.
O encontro é dividido em duas partes: a 1ª no Museu Nacional e a 2ª com uma caçada por meteoritos na cidade de Varre-Sai (noroeste do estado do RJ). As inscrições custam 120 reais (incluindo transporte, alimentação e hospedagem). As vagas são limitadas e devem ser feitas pelo site do evento.
Varre-Sai ganhou fama internacional desde julho de 2010, quando um meteorito caiu e chamou a atenção da imprensa mundial. Nessa ocasião; eu, Marcelo de Oliveira e uma equipe do Clube de Astronomia Louis Cruls fomos os primeiros a chegar na cidade para estudar o que havia ocorrido.
Leia sobre nossa expedição em busca do meteorito de Varre-Sai aqui e aqui.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Cientista da 'bactéria extraterrestre' fala pela 1ª vez

O que deveria ser o ponto alto da carreira de uma brilhante cientista, transformou-se no início do fim de sua vida acadêmica. Estou falando de Felisa Wolfe-Simon, cientista da NASA responsável por uma das descobertas mais revolucionárias da década.
Em dezembro do ano passado, numa conferência da NASA, a cientista anunciou que bactérias de um lago da Califórnia eram capazes de substituir o elemento fósforo de seu DNA por arsênio. Isso é revolucionária porque todos os seres vivos são formados por 6 elementos (oxigênio, hidrogênio, carbono, fósforo, enxofre e nitrogênio) e essa bactéria têm a capacidade de substituiur um deles. Isso abriria novos horizontes na procura por vida extraterrestre e no próprio estudo da vida. Leia o anúncio da conferência da NASA, sobre a descoberta da nova forma de vida (um dos artigos mais lidos deste blog) e as críticas ao artigo.
Depois desse anúncio, a comunidade científica dividiu-se: alguns a apoiaram e outros publicaram duras críticas ao trabalho. Wolfe-Simon disse que só responderia às críticas que tivessem sido submetidas ao processo de revisão de um artigo científico. Agora, quase 1 ano depois, a cientista fala pela primeira vez.
A entrevista foi publicada pela Popular Science, pelo jornalista Tom Clynes.
Clynes foi com ela ao lago Mono (na Califórnia) e visitou as instalações onde foram realizados os experimentos. Ele contou como surgiu a hipótese de substituição do arsênio por fósforo e deu detalhes sobre como foi o processo de revisão pela Science.
O retrato que fica é o de uma pesquisadora que foi vítima do circo de mídia montado pela Nasa para divulgar a descoberta e abandonada pela agência espacial após a polêmica. No primeiro semestre, ela foi dispensada do laboratório de Ronald Oremland, que a acolhera e estimulara a investigar sua hipótese. “Ainda acho que a ciência é a coisa mais legal do mundo”, disse ela a Clynes. “Mas é bem possível que minha carreira tenha acabado.”
O artigo completo (em inglês) está na revista Popular Science e no Brasil foi publicado um artigo na Revista Piauí (do Estado de S.Paulo).
Tom Clynes (Popular Science)

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Concurso Cassini Cientista Por Um Dia 2011: inscrições abertas

O Projeto Cassini Cientista Por Um Dia chega a sua 10ª edição e consiste em um concurso de redação criado para dar aos estudantes do mundo inteiro uma oportunidade de experimentarem como é a vida de um cientista na NASA. Estudantes analisarão três possíveis alvos no planeta Saturno , escolherão um deles para que a nave espacial Cassini obtenha imagens durante um tempo definido reservado para esse projeto educacional.
As inscrições estarão abertas até o dia 26 de outubro. O regulamento, o email para inscrições e outras informações estão no site do concurso.
O organizador do Concurso nas regiões sul e sudeste do Brasil é o Clube de Astronomia Louis Cruls.
Veja o homepage da edição 2011 no site da NASA (em inglês).
Veja o resultado do concurso do ano passado.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Prêmio Nobel de Fisica 2011: expansão acelerada do Universo.

Os cientistas Saul Perlmutter, Adam Riess e Brian Schmidt receberam, na terça (dia 4), o Prêmio Nobel de Física 2011 por suas pesquisas sobre a expansão acelerada do Universo.
Eles provaram que o Universo está acelerando sua expansão. Essa descoberta veio da análise da luz emitida de supernovas (estrelas de grande massa que explodem no final de sua vida). Pelos dados, o Universo dobrou de tamanho nos ultimos 5 bilhões de anos. E essa aceleração deve-se a existência de 2 mistérios ainda não resolvidos: a matéria e a energia escura.
Tudo que conhecemos (o corpo humano, as estrelas, etc) é feito de matéria comum (tecnicamente chamada de 'matéria bariônica', que a gente estuda desde o ensino fundamental). Mas nos últimos anos foi descoberto um novo tipo de matéria e de energia, que não é composta de átomos e que é responsável por contrabalancear a gravidade no Universo. Apenas 4% do Universo é feito da matéria comum, 73% é energia escura e 23% matéria escura.
A expansão do Universo é um fato conhecido desde 1920 com os trabalhos de Hubble, mas a questão é que foi descoberto que a expansão está acelerando.
O portal G1 tem um ótimo artigo sobre o assunto.

Fonte: G1